• Entrega em
    domicílio

Confira as ofertas
no tabloide online

Bazar e Eletro em até 6x sem juros
no Cartão de crédito Jacomar

21

out

Outubro Rosa: você não está sozinha!

By: Jacomar

ligado: outubro 21, 2019

In: Novidades

Na hora de cuidar da saúde, devemos deixar os tabus e a vergonha de lado.

E se, num autoexame, eu encontrar um nódulo suspeito? Por onde começo? Como faço para conseguir ajuda? Qual tratamento devo seguir? Quem devo procurar? ?

Se algum desses questionamentos já surgiu na sua mente, tenha calma: você não está sozinha.

A primeira coisa que você deve fazer é ser otimista: nem todo nódulo encontrado na mama é câncer. E, mesmo quando é, nem sempre é um tumor maligno. O ideal aqui é procurar o médico e fazer uma mamografia. Se necessário, o próprio médico irá solicitar outros exames.

Qual médico devo procurar?

Você deve ir primeiro ao seu ginecologista de confiança. É ele quem vai encaminhá-la para a mamografia. Se houver qualquer alteração no resultado do exame, o ginecologista pode contatar um mastologista, que é o médico especialista em males que afligem as glândulas mamárias.

Quais os sintomas?

Antes de mais nada, tenha em mente que o câncer de mama é silencioso e por isso, é praticamente impossível identificar sintomas da maneira tradicional (como outras doenças). Entre os sintomas temos o surgimento de um caroço (nódulo) fixo e indolor na mama; pele do seio avermelhada ou com textura diferente, alterações no mamilo e/ou saída espontânea de líquido dele.

Repare que boa parte dos sintomas é muito sutil, e pode passar batido na correria do dia a dia. Justamente por isso o autoexame é tão importante: o ideal é manter uma rotina mensal de autoexames, consultar o ginecologista pelo menos uma vez por ano e manter a saúde sempre em dia. Essa indicação varia conforme a idade da mulher avança: mulheres acima de 40 anos devem se preocupar mais e aumentar a periodicidade das visitas ao médico.

E o fator hereditário?

Estatisticamente, apenas 1 em cada 10 casos de câncer de mama tem ligação com fatores hereditários. Mas, como a gente sabe, prevenir é melhor do que remediar, não é? Então, caso exista histórico familiar da doença, o ideal é redobrar a atenção a partir dos 35 anos.

Como fazer o autoexame?

Existem diferentes maneiras: algumas mulheres fazem na frente do espelho, outras preferem realizar o procedimento durante o banho, e há ainda aquelas que preferem realizar o procedimento quando estão deitadas. Não importa como, o importante é fazer.

Confira abaixo algumas dicas de como proceder em cada um dos casos:

Em frente ao espelho

  • Posicione-se em frente ao espelho
  • Observe os dois seios, primeiramente com os braços caídos
  • Coloque as mãos na cintura fazendo força
  • Coloque-as atrás da cabeça e observe o tamanho, posição e forma do mamilo
  • Pressione levemente o mamilo e veja se há saída de secreção

Em pé (durante o banho)

  • Levante seu braço esquerdo e apoie-o sobre a cabeça
  • Com a mão direita esticada, examine a mama esquerda
  • Divida o seio em faixas e analise devagar cada uma dessas faixas. Use a polpa dos dedos e não as pontas ou unhas
  • Sinta a mama
  • Faça movimentos circulares, de cima para baixo
  • Repita os movimentos na outra mama

Deitada

  • Coloque uma toalha dobrada sob o ombro direito para examinar a mama direita
  • Sinta a mama com movimentos circulares, fazendo uma leve pressão
  • Apalpe a metade externa da mama (é mais consistente)
  • Depois apalpe as axilas
  • Inverta o procedimento para a mama esquerda

Outubro Rosa: você não está sozinha

Cerca de 90% dos casos de câncer de mama descobertos ainda no início reagem melhor ao tratamento, proporcionando uma cura mais rápida. E a melhor maneira de descobrir um tumor em estágio inicial ainda é o autoexame. E, se identificar algo estranho, não tenha vergonha de procurar ajuda o quanto antes. Sua saúde e sua vida dependem disso.

O Outubro Rosa é um movimento global que visa justamente conscientizar e encorajar as mulheres a cuidarem melhor da própria saúde, e saberem que elas não estão sozinhas nesta luta.

O Jacomar apoia esta causa, e quer que todas as nossas clientes e colaboradoras estejam engajadas nesta corrente de prevenção. Ame-se. Cuide-se. Faça o autoexame (ou lembre quem você ama de fazê-lo).